Site > Sobre ANS Perguntas Frequentes Serviços e Produtos

Perguntas Frequentes

Listamos abaixo temas recorrentes em nossos canais de atendimento, seguidos de respostas para as dúvidas mais frequentes. Confira e esclareça suas dúvidas.

Cobertura Assistencial

1. Os planos de saúde são obrigados a cobrir todo tipo de tratamento? Como posso saber se tenho direito a um determinado tratamento ou cirurgia?

Os procedimentos que fazem parte da cobertura mínima obrigatória pelos planos de saúde regulamentados pela Lei nº 9.656/98 estão listados no chamado Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.

A cobertura do procedimento inclui tudo o que for necessário para sua realização, ou seja, prótese, anestesia e equipe médica.

Consulte aqui a lista completa de consultas, atendimentos, exames e tratamentos com cobertura obrigatória nos planos de saúde contratados a partir de 02 de janeiro de 1999. Ao consultar a lista, é importante observar a distinção entre planos ambulatoriais e hospitalares, verificando a indicação se o procedimento tem cobertura para plano hospitalar ou ambulatorial.

Além dessa cobertura mínima, os planos podem oferecer coberturas adicionais, sendo obrigatórias todas aquelas que constarem nos contratos.

Para mais informações sobre cobertura assistencial obrigatória - Rol de Procedimentos, clique aqui

2. O que faço se o plano de saúde me negar um determinado tratamento ou cirurgia?

A primeira medida deve ser solicitar à operadora que vende o plano de saúde as razões da negativa. Nesse caso, você deve procurar a ANS se:

a) você ou o profissional médico assistente não concordar com as razões alegadas, ou caso permaneça em dúvida;

b) a operadora do plano de saúde não autorizar o atendimento, mas sem negá-lo expressamente, omitindo-se ou respondendo repetidamente que o pedido está em análise.
Para falar com a ANS, utilize um dos seguintes canais:
Fale com a ANS
Disque-ANS: 0800 701 9656
ou pessoalmente, em um dos 12 Núcleos da ANS existentes no país.

Preço e reajuste de mensalidade

3. A partir dos 60 anos, os planos deixam de ser reajustados?

A partir dos 60 anos, os planos deixam de ser reajustados por faixa etária, mas eles podem ser reajustados todos os anos em função da variação de custos (atualização financeira), como acontece em contratos de aluguel, por exemplo.
O Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741) proíbe a discriminação do idoso nos planos de saúde pela cobrança de valores diferenciados em razão da idade. Assim, para os contratos firmados a partir de 1º de janeiro de 2004, não pode haver reajustes por mudança de faixa etária nos planos dos idosos. Por esse motivo, o último reajuste por mudança de faixa etária poderá estar previsto apenas para a idade de 59 anos.
Atenção: nos contratos firmados antes da vigência do Estatuto do Idoso, pode haver aumento para beneficiários com mais de 60 anos.
Em quaisquer desses casos, porém, só pode haver reajuste por faixa etária se os percentuais estiverem claramente informados no contrato.
Mais informações a respeito das regras de faixa etária e para os reajustes em função da idade estão disponíveis, clique aqui.

4. Como é calculado o reajuste por variação de custos dos planos de saúde?

Em qualquer caso, os planos de saúde só podem ser reajustados uma vez a cada doze meses. As regras de cálculo para cada tipo de plano são:

a) Planos individuais ou familiares com cobertura médico-hospitalar, com ou sem odontologia:
Para planos contratados a partir de janeiro de 1999, e para os adaptados à Lei nº 9.656/98, a ANS fixa um índice máximo de reajuste, calculado com base nos reajustes aplicados aos planos coletivos, além de outros fatores que influenciam os preços dos serviços de saúde. As operadoras de planos de saúde só podem reajustar os preços dos planos até o limite máximo fixado pela ANS, e desde que sejam autorizados pela Agência.
Os planos individuais ou familiares contratados até 1º de janeiro de 1999 e não adaptados à Lei nº 9.656/98 são reajustados de acordo com as regras estabelecidas em cada contrato, mas apenas quando essas regras indicam claramente o índice de reajuste (IGP-M, IPC, IPCA etc). Caso contrário, o índice de reajuste deve se limitar ao índice máximo fixado pela ANS para os planos contratados após 1º de janeiro de 1999.
Em todos os casos, o plano só poderá ser reajustado no aniversário do contrato.

b) Planos individuais ou familiares com cobertura exclusivamente odontológica:
Nos planos individuais e familiares exclusivamente odontológicos, independentemente da época da contratação, poderão ser aplicadas as cláusulas do contrato que sejam claras a respeito de reajuste, assim consideradas as que elejam um índice de preços divulgado por instituição externa, como FGV, IBGE, Fipe, etc. Não é necessária autorização da ANS, mas o índice aplicado deve ser informado à Agência. O plano só poderá ser reajustado no aniversário do contrato.

c) Planos Coletivos:
O reajuste dos planos coletivos (novos e antigos) é feito com base na livre negociação entre operadoras e os grupos contratantes (empresas, fundações, associações, sindicatos etc). Recentemente, a ANS estabeleceu algumas regras para essa negociação:
1. Prazo mínimo de doze meses entre cada reajuste (com isso, proibição de parcelamento de reajuste);
2. Proibição de reajustes diferenciados dentro de um mesmo plano de um determinado contrato, ou seja, o percentual de reajuste deve ser o mesmo para todas as faixas etárias do contrato;
3. Proibição de preços diferenciados para novos beneficiários em relação aos valores pagos pelos que já estão no plano; e
4. Proibição de reajuste na data de adesão ao plano – as mensalidades de todos os beneficiários são reajustadas no mesmo mês.

Rede prestadora

5. Nem os meus médicos nem o laboratório onde sempre faço meus exames atendem mais pelo meu plano de saúde. A operadora pode excluir um prestador do meu plano?

Qualquer mudança na rede assistencial do plano deve ser informada pela empresa que vende o plano de saúde. Em caso de mudanças que reduzam o número de hospitais da rede de um plano, a alteração precisa ser autorizada pela ANS antes da comunicação aos beneficiários.
A operadora de planos de saúde pode descredenciar qualquer médico ou laboratório, mas tem a obrigação de informar ao consumidor, além de garantir um número adequado de prestadores de serviços médicos para cobrir todos os procedimentos. Se seu plano de saúde não obedeceu a essa regra, contate a ANS:
Fale Conosco
Disque-ANS: 0800 701 9656
ou pessoalmente, em um dos 12 Núcleos da ANS existentes no país.

6. Eu contratei um plano de saúde, mas quando eu preciso, só tem vaga em médicos e laboratórios distantes da minha casa. Isso é permitido?

Depende da área de atuação e da abrangência geográfica (municipal, grupo de municípios, estadual, grupo de estados, nacional) prevista no contrato do seu plano de saúde.
A empresa que vende o plano de saúde deve garantir as coberturas de assistência à saúde contratadas considerando o(s) estado(s) ou município(s) citado(s) no contrato. As redes assistenciais – hospitais, laboratórios, clínicas, profissionais médicos - das operadoras são monitoradas pela ANS.
Se não houver prestadores de serviços médicos credenciados pelo plano que ofereçam o atendimento no município onde ele é necessário, a operadora de planos de saúde deverá autorizar o atendimento em outro prestador de serviços médicos escolhido pelo consumidor no mesmo município, em até 5 dias após a solicitação. Caso o plano de saúde não autorize o atendimento pelo prestador escolhido, o consumidor poderá pagar para ser atendido em um local de sua escolha e solicitar que o plano de saúde reembolse esses custos ou exigir a garantia do atendimento em outro prestador de serviços médicos credenciado pelo plano de saúde.

Situação cadastral, contrato e regulamento

7. Se eu quiser saber se uma operadora de planos de saúde está com problemas ou se presta um bom serviço aos seus beneficiários. Como fazer?

Antes de escolher uma operadora de planos de saúde, o beneficiário pode avaliar e até comparar os desempenhos das diversas operadoras. Para fazer a consulta, basta acessar a página Informações e Avaliações de Operadoras.

8. Uma operadora pode solicitar a realização de uma consulta para verificar a situação de saúde de um contratante de plano de saúde?

O consumidor tem o direito de preencher a declaração de saúde ao contratar um plano de saúde, durante uma entrevista orientada por um médico da própria operadora que vende o plano de saúde, sem qualquer custo para o consumidor. Pode, também, ser orientado por um profissional de sua escolha. Nesse caso, o próprio consumidor deverá arcar com os custos desse médico.

A operadora de planos de saúde também poderá realizar uma consulta para avaliar a saúde do beneficiário, por meio de exames e avaliação física, antes da assinatura do contrato. Essa consulta é chamada de perícia. Caso haja perícia, no futuro a empresa que vende o plano de saúde não poderá alegar que o consumidor omitiu informações sobre doenças ou lesões pré-existentes. Lembre-se: a operadora de planos de saúde não pode dificultar ou impedir a entrada de nenhum beneficiário, inclusive por conta de seu estado de saúde. Assim, a realização da perícia não autoriza o plano de saúde a recusar o consumidor como seu beneficiário, caso seja detectada qualquer doença ou lesão pré-existente.

9. Meu plano de saúde é de 1994. Desejo adaptá-lo à legislação. O que devo fazer?

Planos de saúde anteriores à vigência da Lei nº 9.656/1998 podem ser adaptados a essa lei para passar a ter as garantias de direitos estabelecidas por ela, desde que o consumidor deseje fazer essa mudança. Para isso, é necessário assinar um aditivo contratual. Após a adaptação, o contrato seguirá todas as determinações da lei.

Carência e Portabilidade

10. Quanto tempo preciso esperar para ter direito a usar o plano de saúde?

Pela legislação de planos de saúde, para planos individuais ou familiares novos ou adaptados, contratados a partir de 02 de janeiro de 1999 ou adaptados à lei, a empresa que vende o plano de saúde pode exigir:

Situação

Tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*

Casos de urgência, acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional, e emergência, risco imediato à vida ou lesões irreparáveis

24 horas após a data da inscrição

Partos a termo, excluídos os partos prematuros

300 dias

Doenças e lesões pré-existentes (quando contratou o plano de saúde a pessoa já sabia possuir)**

24 meses

Demais situações

180 dias

Atenção:
* Esses são limites máximos de tempo. Isso quer dizer que a operadora de planos de saúde pode exigir um tempo de carência menor que o previsto na legislação.
** Para as doenças e lesões pré-existentes, o consumidor tem cobertura parcial temporária até cumprir dois anos de carência. Durante esse período, ele não tem direito à cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia - CTI e UTI - e cirurgias decorrentes dessas doenças. Entretanto, se o paciente decidir ser atendido nesses casos, mesmo sem ter aguardado ainda o tempo estabelecido, ele poderá escolher pagar um valor adicional para ter acesso a esses atendimentos – isso se chama agravo.

11. O que é a Portabilidade?

É a possibilidade de o consumidor de plano de saúde individual/familiar mudar de plano ou operadora sem precisar cumprir novos períodos de carência ou cobertura parcial temporária (CPT). Esse benefício é possível se seu plano de saúde foi contratado a partir de 1º de janeiro de 1999 ou adaptado à Lei nº 9.656/98. Mais informações sobre a portabilidade podem ser encontradas em Contratação e troca de plano.

12. Quero mudar de plano ou operadora sem ter que cumprir novas carências. Posso participar da portabilidade?

Para trocar de plano de saúde sem cumprir nova carência, devem ser observadas as seguintes condições:

a) ser consumidor de plano individual ou familiar contratado após 01/01/1999 ou adaptado à Lei nº 9.656/98;
b) estar em dia com a mensalidade do plano de origem e apresentar cópia do comprovante de pagamento dos três últimos boletos vencidos;
c) estar há pelo menos 2 anos no plano de origem ou 3 anos, caso tenha cumprido a cobertura parcial temporária ou nos casos de doenças e lesões pré-existentes. A partir da segunda portabilidade, o prazo de permanência passa a ser de 2 anos para todos os consumidores;
d) o plano de destino estar em tipo compatível com o do plano de origem (consultar o Guia ANS de Planos de Saúde);
e) a faixa de preço do plano de destino ser igual ou inferior àquela em que se enquadra o plano de origem, considerada a data da assinatura da proposta de adesão (consultar o Guia ANS de Planos de Saúde);
f) solicitar a portabilidade no período entre o mês de aniversário do contrato e o mês seguinte;
g) não considerar como plano de destino planos que estejam cancelados ou com comercialização suspensa; e
h) a portabilidade de carências não poderá ser oferecida por operadoras em processo de alienação compulsória de sua carteira ou em processo de oferta pública do cadastro de beneficiários ou em liquidação extrajudicial. Para verificar se o seu contrato se enquadra nessas hipóteses, faça uma consulta com fins de portabilidade ao Guia ANS de Planos de Saúde.

Para instruções sobre a portabilidade, consulte Saiba como fazer.
Outra possibilidade de trocar de plano de saúde sem cumprir carência e que não depende da portabilidade é válida para o consumidor de plano coletivo empresarial: caso a empresa deixe de oferecer o benefício do plano e a operadora disponha de plano individual, o beneficiário poderá ingressar nele sem cumprir carência, desde que essa opção seja feita em até 30 dias contados a partir da data de extinção do contrato anterior.

Outras Perguntas


:: Procurando os melhores hospitais :: Conheça os nossos parceiros

Escolhemos trabalhar sempre com operadoras que oferecem segurança e competência em seus serviços. Um grupo de empresas selecionadas especialmente para lhe oferecer o melhor da medicina. Saiba mais sobre cada uma das operadoras com as quais fazemos parceria.
Clique aqui para conhecê-los

:: Escolha seu plano de saúde :: Fique por dentro do que acontece no mundo da saúde
  
:: Você tem muitas razões para comprar seu plano de saúde aqui

1. Trabalhamos com os melhores planos de saúde. Amil, Medial, Sul América, Bradesco, Golden Cross, Porto Seguro, Unimed Paulistana, Omint Saúde, e muitos outros.

2. Trabalhamos com planos com os melhores hospitais. Hospital São Luiz, Hospital Albert Einstein, Hospital Santa Catarina, , Hospital Sírio Libanês, Hospital Osvaldo Cruz, Hospital Samaritano, Hospital São Camilo, Hospital Santa Joana, Hospital Vila Lobos,etc.

3. Trabalhamos com planos que tem os melhores laboratórios. Fleury, Delboni, Lavoisier, CDB, Campana, Salomão & Zoppi, etc.

4. Planos de Saúde individual, familiar, empresarial e por adesão para profissionais liberais. Orientações sobre Planos de saúde, rede de hospitais, tabela de preços, rede de laboratórios, prazos de carência consulte nossos corretores e conheça nossos convênios médicos.

5. Planos de saúde com cobertura regional, internacional e nacional. Amil, Medial, Sul América, Bradesco, Golden Cross, Porto Seguro, Unimed Paulistana, Omint Saúde, e muitos outros. Plano de saúde Empresarial com Ótimos Preço, aproveite você só precisar ter uma empresa aberta com inscrição no CNPJ.

6. Informações sem compromisso, Faça Já uma Cotação Gratis. Nossos corretores atuam em São Paulo, Grande São Paulo e Grande ABC.

7. Plantão de dúvidas sobre carências, legislação, portabilidade e muito mais. Tire suas dúvidas com relação a carências - Estudo para aproveitamento de carências com redução de custos, entre em contato.

8. Os corretores mais experientes em consultoria de planos de saúde. Nossos corretores são treinados pelas próprias operadoras para oferecer a nossos clientes sempre a melhor consultoria na hora de contratar um plano de saúde.

9. Parceria com grandes operadoras de Plano de Saúde de São Paulo. Informações das principais características de cada operadora, custo, benefício, hospitais e laboratórios que atendem na sua região e mais.

10. Planos Regulamentados pela Lei 9656/98 da ANS. Visite o site da Agência Nacional de Saúde Suplementar.

11. Melhores Planos de Saúde Zona Sul, Planos de Saúde Zona Norte, Planos de Saúde Zona Leste, Planos de Saúde Zona Oeste.

Sites dos melhores hospitais em São Paulo - SP:

Sites dos melhores planos de saúde de São Paulo - SP:

  • Site da Amil
  • Site da Bradesco Saúde
  • Site da Dix Saúde / Dix Amico
  • Site da Golden Cross
  • Site da Greenline
  • Site da Intermédica
  • Site da Marítima Saúde
  • Site da Medial Saúde
  • Site da Medicol Saúde
  • Site da Omint Saúde
  • Site da Porto Seguro Saúde
  • Site da Prevent Senior
  • Site da Samcil
  • Site da Santamalia
  • Site da Santa Helena Saúde
  • Site da São Cristovão
  • Site da Seísa
  • Site da Serma Saúde
  • Site da Sul América Saúde
  • Site da Trasmontano
  • -

    Dúvidas frequentes sobre planos de saúde:

    Internações:

    Os planos de saude devem garantir na internação a acomodação em quarto coletivo ou apartamento privativo com banheiro privativo. A interrupção da internação hospitalar, mesmo em UTI, somente pode ocorrer por decisão do médico responsável pelo paciente.
    Durante a internação hospitalar, a operadora fica proibida de promover a suspensão ou a rescisão do contrato.

    Despesas de acompanhante:

    As despesas com acompanhante são garantidas para acompanhantes de menores de 18 anos, e acompanhantes de maiores de 60 anos. Também está garantida a permanência de acompanhante de menores de 18 anos e maiores de 60 anos em caso de internação em quarto coletivo.

    Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS):

    Criada em 28/01/2000, vinculada ao Ministério da Saúde, funciona como órgão de regulação, normatização, controle e fiscalização das atividades que garantam a assistência suplementar à saúde.

    Atraso nos pagamentos:

    A operadora terá direito de suspender ou rescindir o contrato quando houver um atraso no pagamento das mensalidades do plano de saude durante um período superior a 60 dias (consecutivos ou não), nos últimos 12 meses de vigência.

    Cancelamento de plano de saude:

    Sempre que o consumidor tiver interesse no cancelamento ou na rescisão de um contrato de plano de saúde deverá formalizar, por escrito, o seu pedido, entregando uma cópia do pedido de cancelamento ao fornecedor e solicitando que o funcionário que recebeu protocole a sua via.

    Prazos de Carências:

    Nos planos de saude o prazo de carência é o período, previsto em contrato, entre a assinatura do contrato e a efetiva possibilidade de uso dos serviços pelo segurado. Nesse intervalo, o consumidor paga as mensalidades, mas não tem direito de usufruir de todos os benefícios contratados.

    Compra de carências:

    A compra de carências ou redução de carências é o termo utilizado quando a operadora de planos de saúde aproveita o tempo de contribuição do consumidor em contrato anterior, reduzindo as carências. Normalmente a compra de carências é registrada em Termo Aditivo de Redução de Carências assinado pelo consumidor no ato da contratação.

    Estudamos o aproveitamento de carências para outros planos de saude.

    Livre escolha - Reembolso:

    Neste tipo de contratação, o plano de saude oferece ao consumidor a liberdade de escolher os profissionais ou os serviços que não pertençam à rede de prestadores de serviços da operadora.

    Coberturas Obrigatórias:

    Nenhuma doença pode ser excluída da cobertura de planos de saúde. Nos planos contratados a partir de 1999, doenças como câncer, aids e transtornos psiquiátricos têm cobertura obrigatória.

    Segurança na contratação:

    A segurança em contratar um seguro ou um plano de saúde está em negociar com uma corretora de seguros legalizada e devidamente registrada na SUSEP - Superintendência de Seguros Privados.

    Reajustes de preços:

    A legislação prevê reajustes nos planos de saude para recomposição do valor da moeda (inflação), aumentos por faixa etária nos casos de planos individuais e familiares e alteração de sinistralidade e variação de custos nos casos de planos empresariais.

    Doenças ou lesões preexistentes:

    No ato da contratação do plano de saude o consumidor preenche a Declaração de Saúde, devendo indicar as doenças que sabe ser portador, por exemplo, se tem diabetes, se já realizou cirurgias, se tem miopia ou outras doenças.

    Doença ou lesão preexistente é aquela patologia que o consumidor ou seu responsável saiba ser portador ou sofredor à época de ingresso no plano.
    Todas as operadoras de planos de saude devem dar cobertura à doenças e lesões preexistentes tendo o prazo máximo de carência para atendimento destes casos de 24 meses.

    Cheque-caução:

    A exigência de cheque caução para internação de um paciente em hospital de acordo com o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, considera-se a conduta como PRÁTICA ABUSIVA, expondo o consumidor a uma desvantagem exagerada, causando desequilíbrio na relação contratual. Fonte: Procon

:: Planos de saúde empresariais (PME)
BradescoBRADESCO SAÚDE - O Bradesco Saúde Empresarial é um produto criado para atender o segmento empresarial em tudo o que se espera de um seguro saúde: na diversidade de produtos, coberturas e opções de contratação; na abrangência da Rede Referenciada, composta por profissionais reconhecidos e centros de referência em todos os campos da medicina. AmilAMIL SAÚDE - Tabela de Preços, Hospitais, Laboratórios, Carências, Médicos, Reembolso, com atendimento Nacional, com Plano de Saúde Empresarial a Partir de 3 vidas, sendo hoje umas da empresas quem sabe cuidar da necessidades do cliente, sendo hoje um dos planos aconselhável, com preços de planos empresarial com custo razoável. Golden CrossGOLDEN CROSS - Plano Empresa De 3 a 49 beneficiários Um plano que oferece carências reduzidas, serviços diferenciados e condições de preços especiais.Plano Empresa De 50 a 99 beneficiários Um plano desenvolvido para empresas de pequeno e médio porte com excelente relação custo x benefício. Plano Empresa A partir de 100 beneficiários Um produto moderno e de elevado padrão para as grandes empresas.
Porto SeguroPORTO SEGURO - O Porto Seguro Saúde e Odontológico conta com redes referenciadas para atendimento de seus clientes. Confira os hospitais, consultórios, clinicas e dentistas de cada plano:Consulte aqui a rede de hospitais, clínicas e médicos referenciados da Porto Seguro. SulAméricaSUL AMÉRICA - A SulAmérica realiza alianças estratégicas com empresas visando benefícios bilaterais, que agregam valor para todos os envolvidos no negócio. Assim, a SulAmérica consegue oferecer um atendimento de qualidade aos clientes, fornecedores e prestadores de serviço. Sompo SegurosSompo Seguros
Notredame IntermédicaINTERMÉDICA - Presta serviços de assistência médica a pequenas, médias e grandes empresas, através de sua ampla rede de recursos credenciados e rede própria estrategicamente distribuída, composta por centros clínicos, hospitais, maternidades e prontos-socorros. Amil LifeAmil Life OmintOMINT SAÚDE - Para oferecer às diferentes empresas a melhor qualidade em tratamento de saúde, a Omint criou várias opções de planos, com coberturas médicas e odontológicas que se adaptam às suas necessidades. Os planos Omint e os planos Skill se diferenciam entre si nos níveis de reembolso e na rede credenciada, mas mantêm o mesmo padrão de qualidade que fizeram da Omint a melhor operadora de planos de saúde do País
One HealthOne Health UnimedUNIMED GUARULHOS - Nós ajudamos você a simular o plano mais adequado ao seu perfil. Conheça as diversas opções de planos de saúde com principais hospitais de São Paulo, Hosp. São Luiz, Hosp. 9 de Julho, Hosp. Santa Catarina, Hosp. Sirio Libanes, Hosp. Osvaldo Cruz, Hosp. Samaritano, Hosp. São Camilo, Hosp. Santa Joana, Hosp. Villa Lobos,etc. GreenLineGreenLine
Sao CristovãoSao Cristovão Caixa SeguradoraCaixa Seguradora BioVidaBioVida
:: Planos de saúde individuais e familiares :: Planos de saúde para profissionais liberais


Comerciantes - FECOMERCIO: Todo o empregador e empregado residente no Estado de São Paulo, de empresa cujo ramo de atividade é representado pela Fecomercio.
Empregado: apresentar cópia da carteira de trabalho/registro ou cópia da relação de FGTS, atestando ser o proponente funcionário com vínculo empregatício junto à empresa.
Empregador: apresentar cópia do contrato social ou última alteração que comprove.



Engenheiros - CREA: Poderão ser considerados segurados titulares todos os engenheiros, arquitetos, agrônomos, geólogos, geógrafos, metereologistas, tecnólogos, técnicos industriais e agrícolas e os estudantes destas profissões, passíveis de registro no CREA-SP e residentes no Estado de São Paulo.



Médicos - APM: Poderão ser considerados segurados titulares o médico, o residente e o estudante de Medicina devidamente associados à Associação Paulista de Medicina, em conformidade com o estatuto da entidade. Médico e residente: apresentar cópia do CRM-UF. Acadêmico: apresentar comprovante de matrícula no curso de Medicina.



Advogados - CAASP: Poderão ser considerados segurados titulares todos os advogados e estagiários regularmente inscritos na OAB-SP. – Advogado: cópia legível da carteira definitiva da OAB-SP ou da Certidão de Inscrição expedida pela OAB-SP. – Estagiário: cópia da carteira de estagiário da OAB-SP ou da Certidão de Inscrição expedida pela OAB-SP.



Funcionários Públicos - AFPESP: Poderão ser considerados titulares todos os servidores públicos, ativos e inativos, domiciliados no Estado de São Paulo e que obedeçam às condições de comercialização estabelecidas pela AFPESP. - [Holerite atualizado (obrigatório) - Carteira de associado e último boleto da AFPESP quitado (se houver).



Dentista - APCD: Poderão ser considerados segurados titulares todos os profissionais da área odontológica, cuja categoria seja reconhecida pelo Conselho Regional de Odontologia- SP (CROSP). – Cirurgiões - dentistas. – Técnicos em higiene dental. – Técnicos em próteses dentárias. – Auxiliar de consultório dentário. Apresentar cópia da carteira do CROSP. – Estudantes de graduação em odontologia do Estado de SP, associados à APCD. Apresentar comprovante de associado à APCD.



Contador - SINDCONT: Poderão ser considerados segurados titulares todos os contabilistas e estudantes de Contabilidade residentes no Estado de São Paulo, de nível universitário ou técnico. – Cópia da carteira do CRC-SP ou do diploma, OU – Declaração/atestado da universidade, declaração/atestado da escola técnica ou última mensalidade quitada.



Professor - APEOESP: Poderão ser considerados segurados titulares todos (as) os (as) associados (as) do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP), em conformidade com o estatuto da Entidade. - Holerite atualizado.



Veterinários - CRMV: Poderão ser considerados segurados titulares todos os profissionais Veterinários devidamente registrados no CRMV-SP e residentes no Estado de São Paulo. Apresentação da Carteira do CRMV-SP ou comprovante de pagamento da anuidade da entidade.



Nutricionista - CRN: Poderão ser considerados segurados titulares todos os nutricionistas e técnicos em nutrição e dietética devidamente registrados no CRN - 3ª Região. Apresentação da Carteira do CRN-3, com registro definitivo ou provisório.



Economista - CORECON: Poderão ser considerado segurado titular todo (a) economista e estudante de Economia devidamente registrado (a) no CORECON-SP. Apresentação da Carteira do CORECON-SP.


Para a adesão, é necessária a comprovação de vínculo legal com a sua entidade de classe. Planos de saúde coletivos por adesão, com regras contratuais distintas dos planos individuais. Em conformidade com a Resolução Consu nº 14/98 (Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS). Este web site contém informações resumidas. Ressalta-se que os benefícios ofertados originam-se de apólices coletivas de seguro-saúde (Sul América e BB Seguro Saúde) e de contratos coletivos de plano de assistência à saúde (Medial e Unimed Paulistana). A adesão está condicionada ao cumprimento integral das condições específicas das apólices ou dos contratos, bem como de sua política de comercialização. Preços e rede médica referenciada ou credenciada estão sujeitos a alterações, por parte das respectivas operadoras, respeitadas as disposições contratuais e legais (Lei n° 9.656/98). Condições contratuais disponíveis para análise, podendo ser solicitadas pelo telefone (11) 3331-4394 ou mediante agendamento da visita de um de nossos corretores.


Esta página foi acessadacontador gratuito vezes.